domingo, 21 de fevereiro de 2010

Esposa de Benny Hinn pede divórcio

Suzanne Hinn ministrando em igreja nos EUA

ORANGE, Calif. EUA — A esposa do televangelista Benny Hinn entrou com pedido de divórcio no Sul da Califórnia.
Suzanne Hinn entrou com documentos na Corte Suprema da Cidade de Orange em 1 de fevereiro, citando diferenças irreconciliáveis. O casal está casado há mais de 30 anos. Hinn dirige uma igreja e estúdio de televisão em Aliso Viejo.
Ele é um dos seis televangelistas sob investigação do senador Charles Grassley, republicano de Iowa.
Grassley enviou cartas para seis ministérios evangélicos, inclusive o de Hinn, em 2007, perguntando sobre gastos com aviões particulares, mansões a beira mar, omissões da diretoria e envolvimento em empreendimentos comerciais. Os ministérios negaram terem violado qualquer lei.

Um comentário:

maria disse...

Não é necessário que se respeite o que os outros pensam, mas é imprescindível que se tenha a certeza de que o que se pensa é digno do próprio respeito.

O Imposto de Renda é igual à confissão, pois em ambos há necessidade que se declare apenas o que pertence a cada um, mas sempre coloca-se
"dependentes" nos quais é depositada a esperança de se obter restituição.