terça-feira, 10 de junho de 2008

Por que Jesus chamou Pedro de Satanás?

Em Mateus 16:16, Pedro fez uma grande confissão sobre Jesus: "Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo". Jesus o elogiou, dizendo: "Bem-aventurado és, Simão Barjonas, porque não foi carne e sangue que te revelaram, mas meu Pai, que está nos céus" (Mateus 16:18). Logo depois, Jesus falou sobre sua própria morte e Pedro o repreendeu. A resposta de Jesus foi áspera: "Arreda, Satanás! Tu és para mim pedra de tropeço, porque não cogitas das coisas de Deus, e sim das dos homens" (Mateus 16:23).

Por que Jesus chamou Pedro de Satanás? Alguns interpretam esta passagem para sugerir que Pedro foi endemoninhado, e que Jesus olhou para ele e viu Satanás. Mas, não há base para tal suposição.

A explicação melhor vem da palavra "satanás", que quer dizer "adversário". Esta palavra é usada muitas vezes para identificar o próprio Diabo. Ele é o principal adversário de Deus e do povo do Senhor. Mas, a palavra em si tem o sentido de adversário. Pedro, de fato, estava se colocando contra Jesus, até intervindo nos planos dele. Da mesma forma que o Diabo ofereceu um reino sem o sofrimento da cruz (Mateus 4:8-10), Pedro imaginou a exaltação sem a paixão. Jesus, entendendo perfeitamente a vontade do Pai e a sua própria missão, não aceitaria nenhum atalho. Ele seria exaltado como rei, mas teria que sofrer primeiro na cruz.

Se Pedro se tornou, momentaneamente, em adversário de Cristo, seria possível nós fazermos a mesma coisa? Jesus poderia olhar para nós e dizer: "Arreda, Satanás"?

Imagine um jovem morrendo, brutalmente esfaqueado. Um amigo dos pais da vítima encontra o assassino na rua, com a faca na mão, o sangue da vítima pingando da ponta. O criminoso cruel não mostra nem um pouquinho de remorso. Mesmo assim, o "amigo" o leva para a casa do casal e pede para a mãe da vítima recebê-lo e fazer almoço para ele. Inimaginável, não é?

Tiago disse: "Infiéis, não compreendeis que a amizade do mundo é inimiga de Deus? Aquele, pois, que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus" (Tiago 4:4). Jesus morreu para nos livrar do pecado, de toda forma de impureza que existe neste mundo. Mantendo amizade com as coisas mundanas, tais como os desejos carnais, as invejas, o materialismo, etc. seria pior do que levar aquele assassino para almoçar na casa dos pais da vítima. Se vivermos deliberadamente no pecado, pisamos em Jesus, profanamos o sangue dele e ultrajamos o Espírito da graça (Hebreus 10:26-29). O pecado é ofensivo e repugnante para Deus. Como filhos dele, devemos fazer tudo para eliminar das nossas vidas tudo que é contra o Senhor.

Por Dennis Allan

Fonte

Um comentário:

GILBERTO disse...

"Cura Divina da AIDS!"

Nascido em 20/8/1962 e criado na Zona Sul do Rio de Janeiro. Venho de uma família de classe média toda voltada ao espiritismo. Sou filho de Marilu Scalzo Legey e Milton Pereira Legey (In Memorium), famoso compositor das décadas de 50 e 60, autor de várias músicas famosas, dentre elas: Fósforo Queimado, Rolei Rolei etc. Meu pai era irmão de Aloysio Legey, diretor de núcleo de vários programas da Rede Globo de televisão (Criança Esperança, Desfile das Escolas de Samba, Show da Virada etc.), do qual sou sobrinho e afilhado. Fiz faculdade de Letras(Port/Ing) e academia de artes maciais (Jiu-Jitsu/faixa-preta). Aos 18 anos, herdei do meu avô materno uma construtora, Arthur Scalzo & Cia Ltda. Fiquei rico, tinha poder, mulheres, carros, viagens etc. e tudo mais que o mundo poderia oferecer de melhor.

"Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam" (Mateus 6:19)

Aos 21 anos, me tornei dependente químico e chegei a usar todas as drogas, tendo tido inclusive 3 overdoses. Com as drogas vieram a perda de caráter, da personalidade, a prostituição e a falência. Para tentar não cair de padrão de vida entrei na marginalidade e no mundo do crime, passando a comprar carros roubados, posteriormente roubando os própirios carros, emitindo cheques sem fundos, realizando golpes e participando de falcatruas. Fui preso, julgado e condenado a 23 anos pelos diversos crimes cometidos. Participei de diversas rebeliões, motins, greves de fome etc. Cumpri 8 anos em regime fechado em diversos presídios: Presídio Ary Franco (Água Santa), Instituto Penal Edgard Costa (Niterói), Presídio Hélio Gomes e Penitenciária Lemos Brito no extinto Complexo Penitenciário da Frei Caneca/RJ e 4 anos em regime semi-aberto no Instituto Penal Plácido Sá Carvalho no Complexo Penitenciário de Gericinó/RJ. Lá deparei-me com o Diretor Paulo Roberto Rocha, que tinha sido meu aluno de defesa pessoal quando fez prova para o DESIPE. Ele foi um dos precursores a incentivar o convênio para usar a mão de obra carcerária para trabalhar nas ruas, e posteriormente assassinado na Av.Brasil.

Em 1998, conheci a pessoa que me mostraria a palavra de Deus, e que hoje é a minha amada esposa, a Missionária Verônica Legey, uma Varoa Valorosa que foi obediente ao Senhor e me ganhou para Jesus indo me evangelizar no cárcere.

"Assim não são mais dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem." (Mateus 19:6)

Em 2001, como falei, foi feito um convênio entre a Secretaria de Justiça, a Fundação Santa Cabrini, a Secretaria de Administração Penitenciária e a CEDAE, pelo então Governador do RJ, Anthony Garotinho e o diretor da CEDAE/Zona Oeste na ocasião, Alcione Duarte. Consegui então, um emprego digno onde trabalhei até Dezembro/2006 na CEDAE.

"Veio, porém, a lei para que a ofensa abundasse; mas, onde o pecado abundou, superabundou a graça" (Romanos 5: 20)

Mas, depois de tantos pecados e orgias, colhi o que plantei. Descobri que estava com AIDS. Passei 3 anos tomando os coquetéis anti-retrovirais. Participei de uma campanha feita pelo Pastor Ricardo Barros de Belo Horizonte/MG, que tem o Ministério da cura...

"Ele é o que perdoa todas as tuas iniqüidades, que sara todas as tuas enfermidades" (Salmos 103:3)

Deus continua operando os mesmos milagres de 2000 anos atrás, Deus curou-me da AIDS. Tenho os exames comprovando a cura. Basta aceitá-lo, arrepender-se, converter-se dos maus caminhos e ter Fé, pois sem Fé é impossível agradar a Deus.
Deus ainda me deu o Ministério do dom da Unção da Cura e Libertação, e para Honra e Glória do Senhor Jesus, temos sido usados como um canal abençoador de vidas por todos os lugares que passamos dentro e fora do Estado, para que o nome do Senhor seja Exaltado e Glorificado.
Hoje trabalho só pra Deus, sou Ministro do Evangelho, consagrado e ungido como Pastor. Congrego na Assembléia de Deus Pentecostal Ministério das Últimas Horas - Recreio/RJ - Pastor Presidente: Sérgio Luiz Ferreira Alves.

"E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra." (2 Crônicas 7:14)

"Ora, sem fé é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam." (Hebreus 11:6)

Este é apenas um resumo das maravilhas que Deus fez na minha vida. Convites para pregações, testemunho, palestras sobre dependência química, DST (Doenças Sexualmente Transmissíveis), congressos etc, entrem em contato comigo:


Pastor Gilberto Legey
Tels.: (21) 2406-2255 ou (21) 9847-1444
E-mail: gilbertolegey@cooperadoresdedeus.com;
MSN: gilbertoscalzolegey@hotmail.com
Site: www.cooperadoresdedeus.com