sábado, 23 de fevereiro de 2008

Liminar contra a cantora Cassiane é suspensa

MINISTÉRIO CASSIANE E JAIRINHO

IMPORTANTE COMUNICADO

Confirmando nossas imensas expectativas na capacidade, seriedade e equilíbrio da Justiça brasileira, vimos informar que, a decisão da Primeira Vara Cível da Ilha do Governador/RJ (que nos havia restringido o direito de comercializar e distribuir o resultado de nosso último trabalho, o CD denominado "Faça Diferença", bem como nos dava um prazo de 10 dias para que o tirássemos de todas as prateleiras de vendas, sob pena de multa, em caso de descumprimento), foi SUSPENSA em 20 de fevereiro de 2008, conforme lúcida decisão do Eminente Desembargador da Décima Quinta C�mara Cível do Estado do Rio de Janeiro, Dr. Ricardo Rodrigues Cardozo, proferida no recurso denominado Agravo de Instrumento (n° 2008.002.05016), interposto por nosso advogado, em 19 de fevereiro de 2008.

Isto significa que CASSIANE e JAIRINHO encontram-se legalmente amparados a continuarem distribuindo, comercializando e divulgando seu novo CD, intitulado "Faça Diferença", fruto de seu trabalho e exclusiva dedicação ao maravilhoso Ministério de Louvor que, sem dúvida, nasceu do coração de Deus e que O mesmo lhes confiou.

Conforme dissemos em nosso pronunciamento oficial, divulgado a apenas 3 dias, todos aqueles que amam e admiram CASSIANE e JAIRINHO, podem permanecer confiantes, assim como nós permanecemos, pois, temos fé: a JUSTIÇA prevalecerá.

Judicialmente legitimados a continuarem fazendo o que sempre fizeram, isto é, a vontade de Deus, alegrando com seus louvores os corações de todos aqueles que O amam, em espírito e em verdade, só podemos reafirmar que, todas as nossas esperanças estão em Deus, que ama a verdade, e que está, incessantemente, buscando os verdadeiros adoradores.

Mais uma vez pedimos as orações de todos.

Adriana Santiago
Direção Executiva
Reuel Music e Editora

"O que segue a justiça e a bondade, achará a vida, a justiça e a honra" Provérbio 21.21

REPRODUZIDO NA ÍNTEGRA

Fonte: Novo site da cantora Cassiane On Line


Abaixo segue um comentário feito pelo jornalista Marcos Bin
do portal Universo Musical um pouco antes desse fato
entre a gravadora e a cantora na justiça.

A saída de Cassiane da MK, em si, não chega a ser novidade, porque os desentendimentos entre ambos já eram públicos desde 2005. Naquele ano, Cassiane lançou o CD Sementes da Fé depois de muita especulação. O estopim dos boatos teria sido a ausência da cantora no megaevento Canta Zona Sul, promovido pela MK. Na época, em entrevista para o Universo Musical, Cassiane me explicou que não comparecera porque já tinha outro evento agendado, o Clamor pela Paz, organizado pela Rede Melodia - emissora de rádio do mesmo grupo da gravadora concorrente Top Gospel. Ela resumiu o problema como “falta de comunicação”, mas confessou ter havido um certo constrangimento: “Como não tinha como fazer os dois (eventos), tive que cumprir meu compromisso. Eles (a MK) ficaram tristes principalmente por causa do comercial na televisão, que acabou passando na Globo. Eu não sabia que isso iria acontecer. (...) Aí surgiram os boatos – eu fui para todas as gravadoras ao mesmo tempo. Eu dizia na época: ‘estou na MK até quando Deus mandar'”, contou-me Cassiane, numa entrevista realizada em novembro de 2005, no Reuel Studio, que pertence ao marido da cantora, o produtor Jairinho Manhães. Se a separação era esperada, a forma como ela aconteceu foi, de certa forma, surpreendente. Falou-se muito que Cassiane, ao sair da MK, iria para a Central Gospel, gravadora dirigida por Silas Malafaia. A afinidade entre eles é grande, pois ambos são pastores da igreja Assembléia de Deus. Além disso, o CD De Criança para Criança, trabalho de estréia de Jayane, filha de Cassiane e Jairinho, foi lançado, em 2006, pela Central Gospel. Mas Cassiane preferiu o caminho da independência. Com Jairinho, montou o selo Reuel Music, também uma editora, e lançou, no início de dezembro passado, o CD Faça Diferença. Vai aqui um parênteses: como informa Elvis Tavares no site Efrata Music, este é o mesmo título de um CD da cantora adventista Tatiana Costa. É mais uma prova da falta de criatividade que permeia o mercado gospel, algo que já tive a oportunidade de comentar, algumas vezes, no Universo Musical. Mas este é um assunto para outra postagem. Mais um fato que merece destaque na briga Cassiane x MK é que a separação ocorreu de forma litigiosa. Novamente recorro ao meu amigo Elvis Tavares, que além de compositor, é advogado e, portanto, está inteirado sobre o mundo jurídico. No site da Efrata, ele informa que há na Justiça carioca duas ações referentes ao tema: uma no TJ da capital fluminense, onde a cantora questiona a gravadora, e a outra no fórum da Ilha do Governador, onde a gravadora questiona a cantora. Some-se a tudo isso o fato de que Cassiane era duplamente contratada da MK Music: como artista solo e como integrante da dupla Cassiane e Jairinho, que em junho do ano passado lançou o CD Falando de Amor pela gravadora de São Cristóvão. O último trabalho de Cassiane pela MK, sozinha, foi um álbum retrospectivo, o CD/DVD ao vivo 25 Anos de Muito Louvor, de 2006. Depois de tudo isso posto, vamos à pergunta do título: quem perde menos nessa separação? Na minha opinião, Cassiane. Ela tem quase 30 anos de uma carreira sólida e um público muito fiel, que certamente a acompanhará mesmo sem o grande poder de mídia da MK. E Cassiane tem uma série de exemplos de artistas que, antes dela, adotaram a independência com sucesso: Rose Nascimento, Ludmila Ferber, Marcos Goes, Álvaro Tito, todos donos de seus selos e muito longe de caírem no esquecimento popular. Talvez a pior conseqüência para Cassiane seja a possível supressão de seus discos das prateleiras das lojas, como já aconteceu com quem deixou a MK de forma, digamos, não amistosa. Vide o exemplo da banda Catedral, cujo CD 10 Anos ao Vivo no Imperator, lançado em 1997, está há anos fora de catálogo, embora a procura do público seja grande. A MK é uma grande gravadora, dona de uma estrutura digna de multinacional. Mas a saída de Cassiane – que certamente representará um baque nos cofres da companhia, ainda mais em tempos de recessão para o mercado da música – e a possibilidade de que o mesmo aconteça com outros artistas importantes, como há tempos vem sendo cogitado nos bastidores do mercado, pode ser o indício de que algumas mudanças internas são necessárias, sobretudo na filosofia da empresa. Uma proximidade maior com as demais gravadoras evangélicas seria um bom começo. Se isso realmente acontecer, não existirão perdedores.

7 comentários:

Luiz Neto disse...

Sempre achei a Gravadora MK muito "estrelinha" prá o meu gosto mas a cantora Cassiane, até o cd "Com muito Louvor", na minha opinião o melhor cd dela, era mais humilde e inclusive no site dela na internet, quando navegávamos pelo mesmo, podíamos ler que a mesma "não fazia acepção prá convites, poderia ser numa grande Igreja ou num templo humilde, ela iria". Será que isso é verdade mesmo ? Ela cobrou prá vir a um evento evangélico no DF a "ofertinha" de R$8.000,00 (oito mil Reais), isso fora passagens aéreas prá ela e prá o esposo, além de um hotel luxuoso. Tudo isso que aconteceu com ela é por permissão de DEUS e quem sabe ELE tá querendo ensinar algo a ela e a todos os seus filhos, indiretamente ?
Um Pastor amigo meu, Pr.Washington Luis (Araguaína - TO), me disse que certa vez encontrou com ela no Aeroporto Internacional de Guarulhos - SP e disse a ela, com carinho porém com coragem santa,que todo Pastor deve ter :
"Cassiane, desça mais : quando vc era mais humilde DEUS te usava mais !"

marcia disse...

Nada disso é novo, cada vez mais o dinheiro está falando mais alto, ai daquele que usa das coisas de DEUS como causa de ganho. Existem muitos que estão na igreja querendo estrelado, ser famoso, assim como alguns já são. Cuidado, existem aínda alguns que verdadeiramente servem seu ministério á obra de DEUS, outros serve ao seu ventre, em outras palavras, estão bem longe de DEUS.

Anônimo disse...

Certamente é Deus mostrando a ela q muitas das vzes temos q descer no pó,p sentirmos verda a presença de Deus.Ela veio certa vez aki em Campinas,um culto o que vimos foi q ela estava "exclusivamente" apresantando-se p o Pr da Nazareno/Central e sua familia,pq o Pr nao deixava NINGUEM chegar perto dela,somente seu familiares e amigos,tirar foto ele chegou a fechar o cel de minha propria filha e mandou ela sair p nao chegar perto de cassiane/EU ESTAVA LA´E PRESENCIEI TD ISTO.LAMENTAVEL

Artes da Ju - Fraldas disse...

EU CONCORDO COM VCS, CASSIANE MUDOU MUITO, CANTAR SEM A UNÇÃO DE DEUS NÃO ADIANTA NADA, QUE DEUS TENHA MISERICORDIA E QUE ELA VENHA RAPIDAMENTE ENCHERGAR ISSO, QUE DEUS DEU O DOM PRA ELA USA-LO COM SABEDORIA, E NÃO ABUSAR QUERENDO COMBRAR UM ABSURDO DE DINHEIRO PARA IR CANTAR EM UMA IGREJA, EU VI O TESTEMUNO DELA, QUE O SENHOR A RESSUCITOU, E FEZ UMA PROMESSA A ELA, E QUE ELA É UM CANAL DE BENÇAO NESSA TERRA, ENTÃO CASSIANE FASSA AQUILO QUE DEUS TE ORDENOU, USE O SEU TALENTO, E CANTE PARA O POBRE E PARA O RICO, DÊ OPORTUNIDADE TB AS IGREJAS HUMILDES, QUE NÃO PODE PAGAR TÃO CARO PARA OUVILA CANTAR, EU SOU A FAVOR DE UMA OFERTA PARA CANTOR OU PREGADOR(OFERTA) SEM ESTIPULAR O VALOR.....

Anônimo disse...

bom,cassinae quando era disco de vinil,ela foi na minha cidade,um pouco antes de gravar com muito louvor,com certesa ela era mais humilde,foi em um colegio q na epoca nem outras igrejas foram liberadas pa ir.
ela jantou no colegio,foi recepionada p mim,e era realmente humilde....
agora e impossivel chegar perto dela...
e fora o cache absurdo,nao desvalorizando a cantora pq ela canta muito,mas visa o dinheiro..
infelismente nao sei onde vamos parar com tudo isso..
DEUS e DEUS a ele a honra,gloria e louvor...
cassinae se um dia vc tiver oportunidade de ler isso,nao querendo q vc deixe de cobrar,mas seje humilde mais humilde..
DEUS vai te abençoar muito mais...
adriana uba mg

Anônimo disse...

O povo evangélico tem que parar de ser ingênuo,nós estamos num mundo captalista moderno,vamos ver pelo lado bom gente,eles unem o util ao agradavel,louvam a Deus,ganham muito dinheiro,fasen festinhas,bacanais evangelicos,e os irmãozinhos dão uma força com o seu salário mínimo pra comprar seus cds e ficam felises em casa louvando a Deus. Vejam eles brigam pela coisa mais obvia, dinheiro, eles ´não tão disputando uma vaguinha pra canta na igreja da favela,mais por direitos de cansões sabelá se e mesmo inspirada por um coração adorador.Esse filme aí eu Ja vi aqui em Curitiba quando vi a Mara Lima xora as pitanga num culto quando a gravadora antiga boto ela no pau. Se for injustiça amem, se for quebra de contrato mesmo , ai lasco. Hà, nada que um bom advogado não consiga , a final de conta e para o bem daqueles que amam a Mamon

Anônimo disse...

Sabe irmãos realmente está uma vergonha, não digo somente um cantor mas são muitos que estão pensando somente em bens materiais, construindo mansões e cobrando horrores para cantar nas igrejas. Mas se estão cobrando é porque tem igrejas que estão pagando. O certo é dar oportunidades para os pequeninos aparentemente, mas gigantes espirituais com caráter de Cristo, e cheios da unção de Deus que irão
levar a mensagem sem precisar levar o dinheiro dos fiéis,crentes estes que não se vendem por um prato de lentilhas.Se os pastores abrirem os olhos os encontrarão em suas proprias igrejas. Creio que esta nova geração Deus já está levantando, mas para os ministros tanto que pregam ou louvam para benefício próprio, quem tem ouvidos para ouvir ouçam o que vai acontecer com eles!!!